Blog
Ufla Júnior

Como a Programação Neurolinguística pode ser aplicada na prática, para gerar mais vendas e melhorar o relacionamento com o cliente?

18 de Janeiro de 2019 13:39

Muito mais do que um modo de agir, pensar e falar, a Programação Neurolinguística (PNL) é um sistema que há mais de quarenta anos vem revolucionando o comportamento e o desenvolvimento humano. Por sua potência em melhorar a comunicação e a persuasão, a PNL já foi adotada como técnica de trabalho por profissionais de diversas áreas, entre elas a de vendas.

Ao usar esse modelo em seu trabalho, um profissional da área vendas, seja de produtos ou serviços, pode entender a psicologia do cliente e utilizar processos infalíveis para influenciar, persuadir e atingir o inconsciente das pessoas. A PNL é nada menos que uma das ferramentas mais eficazes na hora da negociação.

Um dos ensinamentos que a PNL traz é o de que as pessoas armazenam as experiências e vivências por meio dos cinco sentidos (audição, visão, tato, olfato e paladar). Além disso, ela mostra que cada indivíduo tem um jeito único de assimilar essas experiências. Para entender qual é o jeito de cada um fazer esta assimilação, a PNL apresenta três perfis:

Auditivos: as pessoas que se enquadram neste perfil têm raciocínio analítico, falam mais devagar, pausadamente e de forma clara;

Visuais: pessoas deste grupo enxergam um quadro mental em suas cabeças e assimilam as informações que recebem por meio de imagens, gráficos e demais recursos visuais. São pessoas que costumam falar depressa e tentam expor as imagens que criam em suas mentes;

Sinestésicos: pessoas deste perfil precisam sentir as coisas para compreender as informações. São pessoas que costumam tocar nos outros enquanto falam.

Com base nestes perfis, descubra qual é o perfil do seu cliente e se comunique com ele por meio do canal que melhor se comunica com este perfil. Conquiste seus clientes e alavanque suas vendas.

  • Seja empático;
  • Sempre que falar com este cliente, olhe nos olhos e se mantenha na mesma altura que ele;
  • Fale como o cliente quer ouvir e não o que ele quer ouvir;
  • Influencie, não manipule.

E você, acredita que a Programação Neurolinguística te ajudará a alavancar vendas?

Compartilhe este artigo